Agência de Notícias InternacionaisAmerica's News TodayWorld

Uma pessoa morre e dezenas ficam feridas após turbulência em voo que ia de Londres para Singapura

Uma pessoa morreu e outras 30 ficaram feridas após o avião em que estavam, um Boeing 777 da Singapore Airlines, enfrentar um episódio de turbulência severa nesta terça-feira (21).

O voo SQ321 havia saído de Londres, e o evento ocorreu faltando cerca de uma hora e meia para o pouso em Singapura.

O comandante declarou emergência e realizou um pouso não programado em Bangkok, na Tailândia, onde os feridos receberam socorro.

Segundo a Singapore Airlines, havia 211 passageiros e 18 membros da tripulação na aeronave.

“O voo Singapore Airlines #SQ321, operando de Londres (Heathrow) a Singapura em 21 de maio de 2024 encontrou turbulência severa durante o percurso. A aeronave alternou para Bangkok e pousou às 15h45 no horário local”, disse em nota a companhia aérea.

“Nós podemos confirmar que há feridos e uma morte a bordo do Boeing 777-300ER”, afirma o comunicado.

“Até as 19h50 do horário de Singapura (8h50 de Brasília), 18 indivíduos se encontravam internados. Outros 18 estão recebendo atendimento no hospital. Os demais passageiros e tripulação estão sendo examinados e recebendo tratamento, se necessário, no Aeroporto Internacional Suvarnabhumi em Bangkok”, diz a Singapore Airlines.

Segundo dados do site FlightRadar24, que monitora voos em tempo real, a aeronave sofre uma queda acentuada de 37 mil pés para 33.825 pés no intervalo de um minuto, o equivalente a 967 metros de queda. Em seguida, o voo segue em trajeto de descida, de forma que não há como saber o quanto dessa queda seria resultado de uma suposta turbulência e o quanto teria sido comandada pelo piloto.

Não há dados oficiais da companhia aérea ou de órgãos de controle a respeito da magnitude da turbulência enfrentada pela aeronave.

Namerica Mundo